«A forma inteligente de manter as pessoas passivas e obedientes é limitar estritamente o espectro da opinião aceitável, estimulando concomitante e muito intensamente o debate dentro daquele espectro... Isto dá às pessoas a sensação de que o livre pensamento está pujante, e ao mesmo tempo os pressupostos do sistema são reforçados através desses limites impostos à amplitude do debate».Noam Chomsky

"The smart way to keep people passive and obedient is to strictly limit the spectrum of acceptable opinion, but allow very lively debate within that spectrum - even encourage the more critical and dissident views. That gives people the sense that there's free thinking going on, while all the time the presuppositions of the system are being reinforced by the limits put on the range of the debate." – Noam Chomsky

It will reopen now and then.



21 de dezembro de 2006

retalhos da vida dum pequeno patife

Meus pais, exploradores de modesto "café", situado em rua pouco movimentada, chegavam sempre "encharcados" nos dias chuvosos de inverno.
Do meu improvisado quarto, roubado à sala de jantar, ouvia-os, ao chegarem, lamentar-se do fraco negócio e também do incómodo que era, no inverno, depois das duas da manhã, terem que atravessar ruas e ruas até chegarem a casa.
- E o menino?... e se sucede qualquer coisa ao nosso filho, que para aqui fica sózinho durante tantas horas?
- Pois é mulher, mas o que havemos de fazer à nossa vida?!
Diálogos destes incomodavam-me, não por me saber só, a dormir, naquele velho T1.
Incomodava-me por causa da vida difícil que meus pais me parecia levarem.
Até que um dia, com satisfação minha, resolveram sacrificar parte de uma divisão do "café" destinada a arrumos.
E aí se instalou cama e mesinhas de cabeceira."O Zé vai ficar bem no vão das escadas, onde não se sente muito o barulho da noite.Vais ver! Forra-se tudo como deve ser e pronto!", disse o meu pai à "velhota".
Meu dito, meu feito. Pouco tempo depois deixaram de pagar o aluguer do T1 e todas as nossas trouxas foram transferidas para as trazeiras do estabelecimento.
(continua - Xequim Sêco)

6 comentários:

vinte e dois disse...

Esperamos pela continuação ;)

Um muito Bom Natal ;)

Belzebu disse...

Não posso deixar de acompanhar o que vem aí! A culpa é da forma excelente como escreves!

Saudações infernais!

pianola / Sonia R. disse...

Boas Festas.

Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

Gostei...

Posso saber como foi que tu me achou???

Já andei pelos teus espaços e sõ bons. tens bom humor e falas de um modo engraçado e até quando te referes de coisas não muito boas. Isso é bom!!!

Um bom feriado junto das pessoas que gostas!!!

Beijo,
Cris

Ana Lucía disse...

FELIZ FELIZ NAVIDAD!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Boas Festas amico!

Filipe Freitas disse...

Antes de mais os meus votos sinceros de um Feliz Natal, com muita saúde e alegria.
O almoço na Marinha Grande foi bem servido. Foi uma reunião de associados que também correu muito bem. Foi pena começar a chover na hora da saída o que alterou um pouco o programa.
Como o mundo é pequeno.. quem diria que morava a menos de 50 metros...
Em relação ao PPS referente às fotos da Figueira penso que sei qual é. São fotos antigas desta cidade. Certo ?
Se é isso tenho umas 150 fotos antigas que foram publicadas pela FigueiraNet, sendo esta que tem os originais e da qual obtive autorização escrita para as publicar no meu blog. Tenho lá algumas...
PPS publicado no blog não sei se é possível encontrar uma solução para que funcione, ainda não fiz esse ensaio.
Renovo votos de Boas Festas.
Um Abraço.