«A forma inteligente de manter as pessoas passivas e obedientes é limitar estritamente o espectro da opinião aceitável, estimulando concomitante e muito intensamente o debate dentro daquele espectro... Isto dá às pessoas a sensação de que o livre pensamento está pujante, e ao mesmo tempo os pressupostos do sistema são reforçados através desses limites impostos à amplitude do debate».Noam Chomsky

"The smart way to keep people passive and obedient is to strictly limit the spectrum of acceptable opinion, but allow very lively debate within that spectrum - even encourage the more critical and dissident views. That gives people the sense that there's free thinking going on, while all the time the presuppositions of the system are being reinforced by the limits put on the range of the debate." – Noam Chomsky

It will reopen now and then.



21 de janeiro de 2008

Bulgária

Mapa da Bulgária



6 comentários:

Anónimo disse...

Wim Mertens....



verde e verde e água ....


perfeito.



abtaçoOOOOOOOOOOOOOOOOOO.

grato.



.piano.

Mac Adriano disse...

Andas virado para Leste. Bonitas imagens. Mas, quando lá for, há-de ser no verão, que agora está lá um frio que não se aguenta. Para aí zero graus. Mas que é bonito, é.

walter disse...

Põe sebo nessas canelas e vem assistir ao espectáculo gratuito no Cadeirão da Malta. Outro peixe mordeu o anzol. E as palavras serão balas nas cenas dos próximos capítulos.

Savonarola disse...

Gostei muito. Obrigado por esta bela e repousante oferta aos teus amigos.
Um abraço anarquista

Belzebu disse...

Aqui está aquele que (apesar de não conhecer) considero o país da Europa de leste, com uma cultura e tradições mais fascinantes. Tal como o mac adriano, acho que prefiro aguardar por dias mais quentes, mas é sem dúvida um destino a conhecer!

É curioso mas acho que foi a música que me começou a chamar a atenção para a Bulgária e a partir daí, a curiosidade tem aumentado.

Aquele abraço infernal!

SILÊNCIO CULPADO disse...

Zé Lérias
Vejo que gostas dos países do Leste. São lindos. Visitei alguns muitos anos atrás e aprendi a amar a sua beleza e a não gostar de muitas coisas que por lá vi.
Mas nunca fui à Bulgária. Pelo que mostras deve ser espectacular.
Um abração