«A forma inteligente de manter as pessoas passivas e obedientes é limitar estritamente o espectro da opinião aceitável, estimulando concomitante e muito intensamente o debate dentro daquele espectro... Isto dá às pessoas a sensação de que o livre pensamento está pujante, e ao mesmo tempo os pressupostos do sistema são reforçados através desses limites impostos à amplitude do debate».Noam Chomsky

"The smart way to keep people passive and obedient is to strictly limit the spectrum of acceptable opinion, but allow very lively debate within that spectrum - even encourage the more critical and dissident views. That gives people the sense that there's free thinking going on, while all the time the presuppositions of the system are being reinforced by the limits put on the range of the debate." – Noam Chomsky

It will reopen now and then.



13 de outubro de 2007

Música de Portugal (Fado)

Fado de Lisboa - Mariza


10 comentários:

Condestável disse...

essa aí, merece umas sapatadas

as-nunes disse...

Gosto do fado cantado pela Mariza.
Aliás, gosto do FADO e pronto.
Bom fim de semana, Zé Lérias, um grande abraço.
António

Alien David Sousa disse...

Gosto desta terrestre, sim senhor! ;)
Beijinhos

Os Bigodes do Gato disse...

Ah, ganda Mariza! Que voz! Que pescoço!

Abraço.

Juan Pablo disse...

Hermoso!!!

Y muy buena calidad del video. Para disfrutar varias veces.
Un abrazo Zé!

Laura disse...

Ó meu querido amigo Zé Lérias, mas como foi que nos perdemos um do outro? Juro que nem me apercebi e já nem sabia onde ir clicar para te apanhar. Mas pronto.
Beijinhos de saudades e quanto aos fados, um dia destes já os poderei ouvir através de um implante coclear que vou fazer se Deus quiser...Depois sim. Tenho escrito muita poesia e até alguns fados..

peciscas disse...

Gosto da Mariza, embora, neste momento, não consiga abrir cloip.
Deixa-me, entretanto dizer, que gostei muito de rever aquele post do MDP. por onde andei uns tempos, há muitos, muitos anos.

o segredo da lua disse...

Obrigada pela visita. Volte sempre ;)

Rui Caetano disse...

Mariza é Mariza, muito bonito e sentido lá do fundo.

Cucagaio disse...

Ainda é das poucas coisas que podemos dizer que é nosso. Tudo o resto já é importado.